Adubação da batata-doce com nitrogênio, fósforo e potássio em terrenos de "cerrado"

Em um esquema fatorial com os níveis 0, 40, 80 kg/ha de N e 0, 60, 120 kg/ha de P2O5 ou K2O, foram conduzidas, no Estado de São Paulo, seis experiências de adubação da batata-doce (Ipomoea batatas Lam.) em áreas que tiveram vegetação de cerrado e haviam sido, ou não, adubadas nos anos anteriores. O nitrogênio só aumentou significativamente a produção em uma experiência. O efeito do fósforo foi muito pequeno nas duas localizadas em áreas já adubadas, mas em média das outras quatro, conduzidas em solos ainda não adubados, as respostas às doses 1 e 2 atingiram, respectivamente, + 33 e +51%. Em todos os casos, o potássio aumentou significativamente a produção, tendo as respostas médias às doses 1 e 2 correspondido a, respectivamente, + 25 e +30%.

Saved in:
Bibliographic Details
Main Authors: Breda Filho,José, Freire,E. S., Abramides,E.
Format: Digital revista
Language:Portuguese
Published: Instituto Agronômico de Campinas 1966
Online Access:http://old.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0006-87051966000100022
Tags: Add Tag
No Tags, Be the first to tag this record!