Transmissão de CPMMV em linhagens de feijão resistentes ao vírus.

Um dos maiores problemas fitossanitários da cultura do feijoeiro-comum (Phaseolus vulgaris L.) é a incidência de viroses transmitidas pela mosca branca, Bemisia tabaci, que reduzem significativamente a produtividade. Recentemente, a Embrapa desenvolveu a segunda geração de linhagens transgênicas de feijão, resistentes ao Bean golden mosaic virus (BGMV) por transgenia e ao Cowpea mild mottle virus (CPMMV) e ao BGMV por métodos tradicionais. Para validar a eficiência da linhagem CNFCT 19120, foi avaliada como fonte de inóculo do CPMMV, tendo como controle uma cultivar tolerante, BRS Sublime, e uma suscetível, BRSFC 401 RMD.

Saved in:
Bibliographic Details
Main Authors: FERREIRA, A. L., ZAIDEM, A. L. de M., SILVA, J. F. A. e, SOUZA, T. L. P. O. de, PINHEIRO, P. V.
Other Authors: AMANDA LOPES FERREIRA, mestranda UFG; ANTONIA LOPES DE MENDONÇA ZAIDEM, estagiária CNPAF; JOSE FRANCISCO ARRUDA E SILVA, CNPAF; THIAGO LIVIO PESSOA OLIV DE SOUZA, CNPAF; PATRICIA VALLE PINHEIRO, CNPAF.
Format: Anais e Proceedings de eventos biblioteca
Language:Portugues
pt_BR
Published: 2022-03-26
Subjects:Feijão, Phaseolus Vulgaris, Mosca Branca, Variedade Resistente, Bemisia Tabaci, Bean golden mosaic virus, Cowpea mild mottle virus,
Online Access:http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/1141346
Tags: Add Tag
No Tags, Be the first to tag this record!
Description
Summary:Um dos maiores problemas fitossanitários da cultura do feijoeiro-comum (Phaseolus vulgaris L.) é a incidência de viroses transmitidas pela mosca branca, Bemisia tabaci, que reduzem significativamente a produtividade. Recentemente, a Embrapa desenvolveu a segunda geração de linhagens transgênicas de feijão, resistentes ao Bean golden mosaic virus (BGMV) por transgenia e ao Cowpea mild mottle virus (CPMMV) e ao BGMV por métodos tradicionais. Para validar a eficiência da linhagem CNFCT 19120, foi avaliada como fonte de inóculo do CPMMV, tendo como controle uma cultivar tolerante, BRS Sublime, e uma suscetível, BRSFC 401 RMD.